pra não ficar na gaveta

domingo, setembro 06, 2009

 

trocadéro

tem um vento estranho
na estação
que estremece justo
nos últimos degraus

Comentários:
é a súbita sensação de alívio, por desejar escapar da prisão de estar sufocando num túneo sobre trilhos, apesar de não dizer que há um túneo, mas há, sim, o túneo obscuro do viver.

Abraços, poetisa.
 
saudades da sua leveza poética.
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
o vento que espasma a vida que é instante.

gosto muito daqui.
 
ahh, trocadéro. esse vento realmente é estranhíssimo.

beijão
 
estações e rodoviárias, eu poderia escrever um livro inteiro sobre o que respiro nestes locais...
 
Grande abraço
 
a partida estremece...

feliz de chegar por aqui!
tanta beleza.
 
adoro...
 
Bonito... O vento carrega muita poesia.

Beijos!
 
Quanto tempo não passo por aqui, desculpe.
Legal, adoro. =)
 
Já assistiu ao Fabuloso Destino de Amélie Poulain? Os degraus verdes nos conduzem a uma vida cor-de-rosa. Mas os degraus podem ser também uma metáfora de "à beira do precipício". Abraços!!!
 
tive um pesadelo - os degraus eram de gelatina, e não havia corrimãos...

gosto dos teus versos.
 
Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Agosto 2010   Junho 2011   Dezembro 2011  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]