pra não ficar na gaveta

segunda-feira, maio 12, 2008

 

estação da carioca

é lenta como uma pedra
compra chocolate embrulhado
em papel alumínio
antes de pegar a condução
sentido zona norte
na hora do rush nem precisa
se esticar na barra
basta se ajeitar entre os passageiros
a bolsa quer escorregar do ombro
talvez não chegue a tempo
o jeito é virar para o vizinho
e recitar com dicção impecável
um poema de amor

Comentários:
o dia seria mais leve, ganhar poemas de amor e nem aí pra bolsa.
bonito, alice!
bj
 
Alice, você só se supera. Vamos tomar um mate no Moreira?
 
"você diz: nunca dês um nome a um trem
sempre é outro trem a passar
eu digo: ha. Ha ha
Ha ha"

adorei teu pilequinho sábado, hehe.
 
To bobo.
 
que bacana, queria ter o auxílio do acaso e ficar ombro a ombro mesmo que fosse um poeminha de amor.
 
os poemas da inimigo vc já conhece. que tal depois da sua aula na puc amanhã? acaba que horas? 11? 13? Me liga?
 
Como é bonita a sua relação com a cidade.
Admirável.
Qualquer dia desses ela acaba parando só para ver você caminhar...

Beijos!
 
Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Agosto 2010   Junho 2011   Dezembro 2011  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]