pra não ficar na gaveta

terça-feira, janeiro 29, 2008

 
tenho o hábito de procurar
uma desculpa no bolso, você me
abre um sorriso de dentes
bem feitos e eu apóio o peso sobre
uma perna. reclamo
do filme barra pesada, daquele amigo
que não tem dado as caras
do frio em pleno verão carioca
depois fisgo um papel amassado
e leio uma mensagem importantíssima
dois beijinhos, estou atrasada
sempre escapo entre ônibus

Comentários:
é tanta mala sem alça por aí
tanto riso à toa
que eu vou te contar:
haja papel amassado.
bj.
 
algum dia ainda entendo o porquê dos seus poemas serem tão corridos.
talvez seja a cidade ou a forma de pensar, mas eu não entendo. ainda.

e eu preciso postar. ando tão blé, num hiato tão blé que não me aguento mais.
beijo! :*
 
Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is
 
Guria, as coisas que tu escreve dá vontade de comer, são como as estrelas sorridentes no céu — dá vontade de comer também.
 
Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Agosto 2010   Junho 2011   Dezembro 2011  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]